Irmão de Bruno diz que viu o momento que Eliza Samúdio foi morta

CASO ENVOLVENDO GOLEIRO BRUNO E ELIZA SAMÚDIO COMPLETA 6 ANOS; RELEMBRE A estudante paraense desapareceu em 4 de junho de 2010. Naquele mês, ela e o filho, Bruninho, estiveram no sítio do goleiro em Esmeraldas, na Grande BH. Na sua certidão de óbito, emitida em janeiro de 2013, consta a data de morte de 10 de junho de 2010.

Publicado por Pedro Henrique em 6 de julho de 2016 às 10:38

Compartilhar
[whatsapp]

AAi6WSYO irmão do goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes, disse em depoimento à polícia do Piauí que estava presente no momento em que Eliza Samúdio foi assassinada. Ele também apontou o local onde os restos mortais das vítimas foram colocados. O depoimento, conforme destacou o jornal O Globo, foi colhido a pedido da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, no Rio.

Entretanto, como informou o Extra, o delegado geral da Polícia Civil do Piauí não descarta que o irmão do goleiro tenha passado informações falsas.

“Particularmente, eu não vi o depoimento. Mas é necessário tomar muito cuidado em relação ao interesse dele em divulgar essa suposta localização. A gente precisa checar a fundo porque há a possibilidade da informação ser falsa”, disse Riedel Batista.

Já Polícia Civil de Minas Gerais, que investiga o homicídio de Eliza, disse que foi comunicada pela Civil do Rio sobre o depoimento do irmão do ex-goleiro do Flamengo e que está à espera da documentação para definir quais procedimentos serão tomados.

Rodrigo Fernandes indicou que os restos mortais de Eliza Samúdio estariam em uma cidade que fica no interior de Minas Gerais. O irmão de Bruno está preso desde setembro de 2015, por suspeita de estupro.

Fonte:msn

Compartilhar
[whatsapp]


Deixe seu comentário