Garota de 17 anos, vítima do crime bárbaro de Castelo do Piauí morre na UTI do HUT

Passou por três cirurgias, mas não resistiu aos ferimentos

Publicado por Jailson Rodrigues em 7 de junho de 2015 às 19:05

Compartilhar
[whatsapp]

Funcionários do Hospital de Urgência de Teresina 0 HUT, localizado na zona Sul de Teresina, confirmaram no inicio da noite deste domingo (07/06), a morte de uma jovem identificada apenas como “Daniele”, de apenas 17 anos, que foi uma das quatro vítimas de uma ação criminosa e impiedosa que ocorreu no município de Castelo do Piauí, no último dia 27/05. A vítima estava desde o dia do incidente, internada na Unidade de Terapia de Intensiva – UTI, do HUT, onde mesmo recebendo medicamentos e uma boa assistência médica, não resistiu aos ferimentos provocados pela agressão sofrida.

5

Segundo o hospital, a jovem faleceu por volta das 17h30 de hoje, isso depois de passar por três cirurgias. Outras duas menores seguem internadas no HUT, e uma outra em um hospital particular da capital.

Daniele, foi uma das quatro garotas que foram estupradas, torturadas, jogadas de um penhasco e apedrejadas em um ponto turístico daquele município. A polícia já prendeu quatro menores e um homem maior de idade, todos acusados de terem participação no crime.

 

Por Jailson Rodrigues

jailsonrbs@hotmail.com

(86) 99826-4941

 

Matérias relacionadas:

Falsas imagens de vítimas do estupro coletivo de Castelo do Piauí circulam na internet
Polícia prende ex-presidiário acusado de estupro coletivo e tentativa de homicídio contra jovens
Compartilhar
[whatsapp]


1 Comentario

  1. Jose Rebouças Neri disse:

    Uma pena o falecimento de “Daniele” mais uma vitima de barbaries cometidas contra adolescentes,onde vamos parar com tanta criminalidade contra inocentes que sem a maldade caiu nessa catastrofe.
    Resta-me como cidadão solidarizar-me com a familia que ora sofre a perda de uma filha que teria um futuro brilhante.
    minhas condolencias e a esperança de que um dia o Piauí possa não viver essa terrivel violência macabra.

Deixe seu comentário