Sobrinho de desembargadora é executado por ter feito selfie com corpo de ex-traficante

Publicado por Jailson Rodrigues em 14 de março de 2015 às 3:05

Compartilhar
[whatsapp]

Por Jailson Rodrigues

Um jovem identificado como Angelino Pinto de Oliveira Júnior, de 27 anos, foi executado na noite desta sexta-feira (13), quando estava na porta de sua casa, que fica situada no Bairro Dirceu Arcoverde II, na zona Sudeste de Teresina. A vítima que é sobrinho da Desembargadora Eulália Pinheiro, do Tribunal de Justiça do Piauí, estava se divertindo com os amigos na porta de sua residência, quando três homens se aproximaram e começaram a efetuar disparos contra ele.

11063011_562689223834035_951279717_n

Angelino, na tentativa de escapar dos disparos, correu até uma esquina onde funcionar um bar, porem os acusados o perseguiram e efetuaram mais disparos contra ele, que morreu na hora. A vítima não tinha envolvimento com o mundo do crime, e era conhecido na vizinhança por ser um jovem respeitador e trabalhador, atualmente ele trabalhava em uma empresa que faz manutenção em geladeiras e ar-condicionados.

Foto: Jailson Rodrigues - Portal CMN

Foto: Jailson Rodrigues – Portal CMN

DSCN0347

Foto: Jailson Rodrigues – Portal CMN

CORRE-CORRE

No momento da ação criminosa, haviam poucas pessoas na rua onde a vítima morava, porem que estava no local, conta que viveram momentos de terror, pois foram efetuados pelo menos dez disparos de arma de fogo contra Angelino. “Estava dentro de casa quando ouvi os disparos, não sabia quem estava sendo atacado, tentei ir ver, porem temendo ser atingido pelos disparos, resolvi me trancar dentro de casa”, disse um vizinho da vítima, que temendo represarias, preferiu não se identificar.

A Delegacia de Homicídios compareceu ao local, e o corpo do jovem não demorou a ser encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML, onde passará por exames cadavéricos para comprovar a causa morte, e a quantidade de disparos que foi efetuado contra ele. Uma vizinha também informou a reportagem do Portal CMN, que um carro preto teria dado apoio aos acusados.

Foto: Jailson Rodrigues - Portal CMN

Foto: Jailson Rodrigues – Portal CMN

O MOTIVO DO CRIME

No dia 08 de Janeiro deste ano, Angelino foi observar o corpo de um ex-traficante, identificado como Fabrício Machado, de 28 anos, que havia sido executado por ex-desafetos próximo a uma escola particular que fica a poucos metros de sua residência.

IMG-20150314-WA0008

Além de olhar o corpo bem de perto, ele teria feito uma “selfie”, isso com o falecido ao fundo, fato que teria deixado os ex-comparsas de Fabrício indignados.

 

 

Compartilhar
[whatsapp]


3 Comentarios

  1. José disse:

    Favor retificar a noticia: Angelino não era sobrinho da Desembargadora e não possuía nenhum grau de parentesco.

Deixe seu comentário